quinta-feira, 18 de junho de 2015

PLANO PRÉ PAGO NÃO PODE SER SUSPENSO APÓS CONSUMO DE FRANQUIA

O Procon Porto Alegre notificou, nesta quarta-feira, as operadoras Tim, Claro, Oi e Vivo para que informem ao órgão de defesa do consumidor da prefeitura os critérios utilizados para a interrupção do sinal da internet móvel dos planos pré-pagos após o final da franquia contratada pelos clientes destas empresas.
Além disso, o Procon determinou às operadoras, por meio da notificação, que elaborassem material informativo aos seus clientes detalhando como se dá a utilização da franquia contratada. O informativo também deve conter dicas ao consumidor de como melhor utilizar o seu pacote de dados de banda larga móvel.
— O serviço de dados é cada vez mais essencial ao consumidor. Com a crescente utilização da internet móvel, e a popularização do uso de dados pela web, a forma de contratar este tipo de serviço tem que ser transparente — destaca o diretor executivo do Procon Porto Alegre, Cauê Vieira.
Entenda o caso
Após a redução das receitas resultantes do serviço de voz e crescimento do uso da internet móvel por parte da clientela que opta pelo serviço pré-pago de telefonia, as operadoras passaram a cortar o acesso à internet dos usuários que consumirem toda a franquia, em vez de diminuir a velocidade como vinha ocorrendo. Ou seja, se os consumidores dos pacotes pré-pagos desejarem voltar ao acesso da internet é necessário realizar pagamento adicional. 

Cursos capacitação, extensão e in comapny - jussinara.adv@hotmail.com

  • Crimes Previdenciários - Pratica e análise jurisprudencial
  • Crimes X Criança e Adolescente - MOD I - Abuso Sexual Infantil
  • Crimes X Criança e Adolescente - MOD II - PEDOFILIA
  • Crimes X Idoso - Direitos e Proteção legal
  • Crimes x Mulher - Viol. Doméstica
  • ECA na Escola - Direitos e Deveres da Criança e Adolescente
  • Educação em Direitos Humanos - Ensino Fundamental/Noções Gerais
  • Mecanismos de proteção do E.C.A
  • Previdenciário - Assistencia Social - Benefícios da LOAS - Teoria e Prática
  • Previdenciário - Assistência Social e direitos do IDOSO
  • Previdenciário - Benefícios por Inacapacidade - Teoria e Prática
  • Saúde - Rede de Atendimento e o paciente com CÂNCER
  • Saúde Mental - Dependente Químico - Intervenção psico-social e legal.
  • Saúde Mental - Intervenção socio-jurídica ao PACIENTE COM TRANSTORNO MENTAL.
  • Saúde Mental e Internação Compulsória.
  • Viol. Doméstica - Questões e Prática (Lei Maria da Penha)